Filtragem do leite

Após a extração, o leite segue pelo equipamento até atingir o tanque de resfriamento. Neste percurso o líquido deve passar pelo filtro de leite, capaz de filtrar e retirar partículas grosseiras que podem contaminar e diminuir a qualidade do leite.

Além de aumentar a qualidade e o valor do leite, um bom sistema de filtragem também protege o equipamento de ordenha e o tanque de partículas potencialmente nocivas.

No processo de filtragem do leite na máquina de ordenha, utiliza-se um filtro mecânico para realizar a separação do leite de qualquer partícula sólida que possa ficar suspensa antes de chegar ao tanque. Estas partículas podem ser pedaços de terra, esterco, forragem, pelos, coágulos e insetos. No entanto, a filtragem não deve ser vista como um método para reparar procedimentos de limpeza e/ou ordenha mal feitos, mas sim como mais uma etapa na obtenção de um leite de qualidade.

Para garantir que o filtro desempenhe o seu papel da forma correta, o mesmo deve possuir algumas propriedades. É essencial que o filtro selecionado tenha o tamanho e capacidade apropriados para o equipamento de ordenha e tamanho do rebanho. Deve, também, ser produzido a partir de tecidos uniformes e de qualidade que possuam:

  • Resistência (principalmente quando molhado)
  • Tamanho e distribuição dos poros de forma homogênea (porosidade)
  • Estabilidade (tecnologia da Via Úmida)
  • Uma forte junção (costura ou cola) 
  • Segurança alimentar

O filtro de leite deve ser posicionado antes do tanque de expansão e não deve ser reaproveitado. Ele deve ser trocado a cada ordenha, e em sistemas de trabalho pesado, onde não se tem intervalos entre ordenhas, e com o sistema de ordenha voluntária – VMS™  – a cada 8 horas.

Os filtros DeLaval são feitos através da tecnologia de Via Úmida, que consiste em mergulhar as fibras do tecido em água e deixá-las secar, para que se posicionem de forma aleatória. Então, elas são coladas para que fiquem firmes, tornando-se mais estáveis.

Os filtros DeLaval são mais seguros pois são livres de ingredientes tóxicos e nocivos e são aprovados para contato com alimentos (regulamentados pelos órgãos FDA e USDA). 

Os Filtros Azuis


Os filtros de leite tradicionalmente são brancos. No entanto, a DeLaval desenvolveu o filtro azul que auxilia na identificação da mastite no rebanho. Após a ordenha, coágulos ficarão mais visíveis no filtro de leite azul DeLaval indicando a presença de mastite no rebanho.

Estas alterações às vezes não conseguem ser visualizadas no filtro branco, fazendo do filtro azul DeLaval mais uma ferramenta no controle da mastite e da qualidade do leite.

DeLaval nas redes sociais

Quer saber mais sobre Qualidade do Leite?

Envie sua dúvida para a DeLaval

  

At DeLaval we use cookies to make your website experience better. You can change your web browser settings if you do not allow cookies or do not want cookies to be saved. Read more about how DeLaval handles cookies. I have read and accepted the information on how DeLaval handles cookies.